CONTABILIDADE SUSPEITA

CONTABILIDADE SUSPEITA

Eugenia Menezes

 

Quadras ouvidas na feira de Taperoá, de um violeiro anônimo.

 

Uma história muito louca

Eu vou contar pra vocês

Duas damas, Gena e Lu

Em trabalho de um mês

 

A prestação é de contas

De um livro fabuloso

Chamado de Escrituras

E na verdade um colosso

 

Nessa difícil tarefa

Entra e sai dinheiro muito

Raiz quadrada de π (PI)

Tangente de um circuito

 

Foram cinco equações

Que a economista inventou

Ela apertava a máquina

A socióloga pirou

 

E quando um dia ela disse

Não agüento, vou embora

A malvada acrescentou:

Faltam os juros de mora

 

Se deram conta, as duas,

Depois de tudo arrumado

Que o orçamento do livro

Fora superfaturado

 

O fiscal ficou atento

Conferindo os pacotinhos

Começa tudo de novo

Pra não ir pro xadrezinho

 

As contas das duas moças

Aqui estão, finalmente

Se afanaram  não sei

Mas foram bem diligentes

 

Recife, fevereiro de 2010

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − três =