Eu Não Vim Fazer Um Discurso

O livro de Gabriel Garcia Marquez  Eu Não Vim Fazer um Discurso nos traz vários discursos, mesmo que se presentifique a sua malquerença aos momentos de oratória. O discurso é o seu material, articula o sujeito e os outros, expressa na sua verve um estilo engraçado, irônico e crítico. Registra com clareza quando recebe prêmios e homenagens, acontecimentos e circunstâncias cheias de humor.

São muitos os discursos pronunciados em diversos locais e em épocas diferentes trazendo sempre suas deliciosas histórias. Esta, Como Comecei a Escrever, ficou no melhor do seu ato, circulando na sua cabeça e ele gostando, até que resolveu nos contá-la

Li a tentadora historinha e a contei para mais 3 pessoas. Ouvi o reconhecimento em várias opiniões: É assim mesmo no interior, notícias que mete medo se espalham logo. O Correio de Má Notícias estraga o gosto de todo mundo e se alastra ligeiro: “O doutor não disse novidade nenhuma, na cidade onde nasci brincadeiras assim é o divertimento do povo”

O livro Eu Não Vim Fazer um Discurso foi lançado pela Editora Record, Rio de Janeiro, em 2011. A tradução é de Eric Nepomuceno.

Agora, vamos a boa leitura. Reflexões, críticas e muita risadaria.

 João Pessoa, 29 de abril de 2012

Everaldo Soares Júnior .